dica

Filme: A escolha perfeita 2

11:18

Imagem de popcorn, food, and tumblr


Após três anos dos acontecimentos do primeiro filme as Barden Bellas, agora muito mais bem sucedidas no mundo do Acappella, estão sob os holofotes. Após uma apresentação desastrosa para o presidente dos Estados Unidos, as meninas precisam reconquistar sua credibilidade e posição no mundo da música. Com apenas uma chance de salvar seu legado, as Bellas devem lutar pelo direito de ganhar o Campeonato Mundial de Acappella.


Lembro que comentei na resenha de God Help The Girl que adoro filmes que envolvem música. Sempre amei musicais, sendo aquele filme em que o personagem já acorda cantando ou aqueles em que temos um cantor, músico ou compositor como protagonista. Todos são maravilhosos de assistir, e A escolha perfeita é um dos que mais gosto no estilo “musical contemporâneo”. Um dos filmes mais despretensiosos que já assisti, mas que exatamente por isso me conquistou facilmente. Quando o segundo filme foi confirmado fiquei ansiosa, muito ansiosa na verdade, e acho que a empolgação foi culpada por eu não ter gostado tanto da continuação.

Assisti A escolha perfeita 2 na época do lançamento e fiz uma resenha não muito positiva, mas acabei deixando ela de lado, guardadinha em uma pasta no meu computador, mas após minha segunda experiência com o filme resolvi reescrever algumas partes.


Uma coisa que achei interessante é que por causa da excitação a primeira vez que assisti ao filme achei bem mediano, não gostei tanto da obra em geral, apesar de adorar as apresentações musicais, mas ao assistir uma segunda vez, adorei. Por incrível que pareça, quando fui assistir novamente apesar de lembrar do filme, minhas expectativas eram baixas por conta da primeira decepção. Então fui assistir como um filme qualquer que você escolhe aleatoriamente, mas para minha surpresa me diverti o dobro da primeira vez e isso me fez rever meus conceitos em relação á continuação.

As apresentações musicais continuam perfeitas, na verdade aqui as apresentações são melhores, beirando o impecável. Temos mais grupos nos desafios, e qualquer batalha, por menor que seja, é espetacular. Mas o filme dá pouco espaço para esses grupos individualmente, o que para mim foi um erro, a não ser para o grupo antagonista DSM.


Claro que as Bellas são ótimas e merecem toda a atenção, as protagonistas estão em ótima sintonia, bem mais afiadas (e afinadas) nessa continuação. Mas participações como a de Jesse ficam apagadas, e eram interações que eu gostava bastante no primeiro filme, alem do mais, os Treblemakers possuem durante todo o filme apenas uma apresentação (triste não?). Eu entendo que o papel deles no primeiro filme com a abordagem mais moderna e cool do acappella tenha sido suprida com a nova proposta musical das Bellas, mas ainda sim é algo que senti falta.


Esses espaços são preenchidos com o tempo de Becca em um novo estágio com um famoso produtor musical, o arco rende bons momentos, mas que destoam um pouco. Apesar de abrir um novo leque de discussão sobre o término da faculdade e as escolhas para o futuro.

Algumas piadas e personagens soam forçado ás vezes, talvez o grande culpado por o filme não alcançar o primeiro. E temos momentos ou outros de piadas deslocadas, mas ainda sim boas. O filme é bom e engraçado, mas podia ser ainda melhor. No entanto a participação dos comentaristas interpretados por Elizabeth Banks e John Michael Higgins continua um show a parte com piadas certeiras e ácidas. A cena pós-crédito também é impagável.

Como comentei acima, as apresentações são impecáveis, principalmente se você gosta de pop, dá para se deliciar com um repertório que contém Jessie J, Beyonce, John Legend, Taylor Swift, mas também com muitas outras surpresas e misturas como Muse, Snoop Dogg, Vanessa Carlton e novamente When I’m Gone, agora um pouquinho diferente (adoro!).


Apesar de o primeiro filme ter uma história mais comum, ainda é meu preferido. Entretanto, apesar de não ter gostado tanto de imediato, A escolha perfeita 2 também é divertido, carismático, engraçado e além de tudo gostoso de assistir. Tem seus altos e baixos, mas nada que me faça desistir de ver a continuação já confirmada para 2017. Ambas as tramas são de certa forma previsíveis, mas cumprem seu papel de entreter e agradar, adoro terminar um filme e sair cantarolando sua trilha sonora por aí. 

Que tal lembrar da última apresentação das Barden Bellas no primeiro filme?


E que tal melhorar com uma palinha do segundo filme? Um confronto entre as Bellas e o grupo alemão DSM.


A escolha perfeita 3 vem aí e você deveria conferir os dois primeiros, valem a pena.



You Might Also Like

0 comentários

Comentários

SUBSCRIBE

Todo o conteúdo é criado pela equipe do blog e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada ao seu devido autor. - See more at: http://www.raiannymartins.com/2014/03/cartas-para-o-meu-primeiro-amor-mais-um.html#sthash.F1Ctpv9o.dpuf
Todo o conteúdo é criado pela equipe do blog e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada ao seu devido autor. - See more at: http://www.raiannymartins.com/2014/03/cartas-para-o-meu-primeiro-amor-mais-um.html#sthash.F1Ctpv9o.dpuf

Todo o conteúdo é criado pela equipe Idealiizar e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada a seu devido autor. Todas as opiniões aqui expressas são de total responsabilidade de seus autores. Declaro que as imagens aqui utilizadas não são de minha autoria, salvo exceções, e que qualquer problema relacionado ao uso indevido de imagem deverá ser encaminhado para idealizar.me@gmail.com.