amor

Sobre ser adulto: uma conversa sua com você de 20 anos atrás

11:36

Imagem de girl, mom, and cute

Talvez você nem tenha 20 anos ainda, mas eu como já passei, resolvi puxar esse texto para minha realidade. Mas tudo bem, imagine-se conversando com o seu eu criança. Aquele que jogava bolinha de gude na rua, brincava de pique esconde nos corredores do prédio e morria de medo de perder o BV - ou sequer sabia o que era isso e a importância de tal fato.

Pensa nela. Naquela criança inocente, que adorava bolo de fubá da vó e não via a hora de começar a passar Malhação na rede Globo - saudades Cabeção. Sabe aquela criança, que não via a hora de poder crescer, ter responsabilidade, ser adulto. Que experimentava a roupa do pai, da mãe e da vó - isso quando não misturava tudo num look só. Pense nela, o que você diria a ela hoje?

Fiz uma lista do que eu diria para a Taylinha de quatro anos.


VOCÊ VAI PODER TOMAR SORVETE NO FRIO

Sua mãe não vai poder te impedir, porque você já é adulta e ganha o seu próprio dinheiro. Você pode comprar sorvete em qualquer dia e horário que você quiser, só não se esqueça que seu jeans 40 tá apertado e que existe uma bela de uma gripe esperando a primeira oportunidade de entrar no seu corpo e te derrubar por uma semana.

MAQUIAGEM NÃO É ITEM ESSENCIAL

Meu eu de 4 anos pensava sim que toda mulher precisava usar os lábios coloridos e os cílios bem grandes. Embora você adore isso hoje em dia, vai guardar para certas ocasiões mega especiais, como o casamento do seu primo por exemplo. E vai achar um saco demorar horas para passar tudo na cara e outras horas para ter que tirar direito depois e evitar os pés de galinha.


AGRADEÇA  A SUA MÃE POR ESCOLHER SUAS ROUPAS

Será que vou de vestido ou de calça? E se esfriar? E se chover? Essas questões são preocupações da sua mãe e agradeça a ela por isso. Você vai cansar de sair de casa de vestido e voltar, a noite, tremendo de frio. Ou, pior ainda, levar cinco blusas consigo e tirar todas no fim da tarde porque São Pedro resolveu cooperar com o Sol em São Paulo. 

PARE DE QUERER CRESCER

E aproveite, cada minuto da sua vida. Sejam os dias tristes ou os dias felizes. Faça muito bolo de fubá com a vovó e não deixe que ninguém nunca te diga como ser ou agir. Cada passo falho vai servir para te ajudar a ser a mulher que nós somos hoje. E, posso dizer? A gente tem um orgulho dela do caralho!







You Might Also Like

0 comentários

Comentários

SUBSCRIBE

Todo o conteúdo é criado pela equipe do blog e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada ao seu devido autor. - See more at: http://www.raiannymartins.com/2014/03/cartas-para-o-meu-primeiro-amor-mais-um.html#sthash.F1Ctpv9o.dpuf
Todo o conteúdo é criado pela equipe do blog e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada ao seu devido autor. - See more at: http://www.raiannymartins.com/2014/03/cartas-para-o-meu-primeiro-amor-mais-um.html#sthash.F1Ctpv9o.dpuf

Todo o conteúdo é criado pela equipe Idealiizar e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada a seu devido autor. Todas as opiniões aqui expressas são de total responsabilidade de seus autores. Declaro que as imagens aqui utilizadas não são de minha autoria, salvo exceções, e que qualquer problema relacionado ao uso indevido de imagem deverá ser encaminhado para idealizar.me@gmail.com.