5 de ago de 2016

Sexo sem tabu - Você tem o direto de dizer não



Você mudou de ideia? Tudo bem.

Não quero entrar muito nesse assunto, não agora, mas a indústria pornográfica cada vez mais nos fazem acreditar que as mulheres devem ser fodidas de tal e tal maneira, em tal posição e duração. O que não é verdade. Discursos aleatórios rondam a internet dizendo o que você deve ou não fazer na hora do sexo mas, muitas vezes, se esquecem de manter a liberdade.

A liberdade sexual é tão importante quanto o sexo oral, anotem isso.

Você é livre pra fazer o que quiser. Não é porque a sua melhor amiga disse que dar o cu é m-a-r-a-v-i-l-h-o-s-o que você precisa fazer o mesmo para "não ficar para trás". As vezes dicas, conselhos e aquelas famosas listas de como fazê-lo durar mais podem até ajudar, mas não faça disso uma verdade absoluta.

Se vocês preferem o habitual papai e mamãe e não a posição 54 do kamassutra, tá tudo bem.

Se vocês odeiam transar em motel, tudo bem.

Se você achou que aquela posição seria legal, mas mudou de ideia, tudo bem também!

Você é livre, não se esqueça.

Por isso aquela conversa esporádica com o seu parceiro é importante, só assim você consegue, não só descobrir as fantasias e desejos do outro, como colocar limites do que deve ou não ser levado para a cama. 

O melhor de tudo? Você sempre pode acabar mudando de ideia.












Texto inspirado na publicação da tatuadora Daniela Fialho, vale a pena ler aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários