amor

Sobre amar "fora da casinha"

12:59



Tudo parece perfeito. São os buquês de rosa, de todas as cores, porque ela disse que gostava do cheiro das flores. São os jantares em restaurantes caros, os presentes fora de época e as fotos que pregam, assumidamente, que o amor dos dois é perfeito... apenas nas redes sociais. Depois do polêmico comentário do astro Bieber em uma de duas postagens no Instagram, onde ele diz que os fãs estão desrespeitando sua atual namorada, a gente começa a se perguntar se toda essa exposição é realmente necessária.

Algumas pessoas perderam a noção do que deve ou não ser compartilhado nas redes. Tudo bem você fazer uma viagem com seu amor para outro país e postar aquela foto maravilhosa que levou meros 30 segundos para ser tirada. Outra coisa é vocês fazerem um book fotográfico toda vez que se encontrarem, só para provar ao mundo que vocês estão juntos e muito bem, obrigada.

Que tal passar a amar fora da casinha? Ou melhor, dentro dela.

Dê presentes caros, leve para jantar fora, tire muitas fotos e guarde-as para vocês. Os momentos, os pequenos prazeres e as noites maravilhosas ao lado do seu amor não precisam ser compartilhadas com o mundo. Pelo menos, nem sempre.

Já pensou se aquela sua amiga marcasse o namorado dela numa publicação toda vez que ele a fizesse chegar ao orgasmo? Quando os dois gozam juntos? Ou, talvez, ela possa compartilhar com você como ele acorda mau humorado. Já aquele seu colega do trabalho pode marcar a namorada num post que mostra em que motel eles estão naquele momento e que posições estão dispostos a treinar.... não amigos, simplesmente não.

Tenha orgasmos e não conte pra ninguém, deixe entre você e seu amor. Durante a semana vocês podem mandar mensagens privadas um para o outro lembrando daquela noite maravilhosa e planejando a próxima. Mas tudo entre vocês. Guarde os mimos em casa, ou melhor, troque aqueles comprados em uma loja por uma flor, um chocolate ou um momento de carinho. 

Um sentimento, se verdadeiro, vale mais do que qualquer exposição social.

Então ame, ame muito. Grite ao mundo quando aquele amor não couber mais no peito, mas grite somente o necessário. Você não precisa provar o amor para ninguém, além daquele que ocupa o outro lado do colchão. Então ame muito, mas em silêncio. 

Só o amor tem que bastar.



You Might Also Like

0 comentários

Comentários

SUBSCRIBE

Todo o conteúdo é criado pela equipe do blog e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada ao seu devido autor. - See more at: http://www.raiannymartins.com/2014/03/cartas-para-o-meu-primeiro-amor-mais-um.html#sthash.F1Ctpv9o.dpuf
Todo o conteúdo é criado pela equipe do blog e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada ao seu devido autor. - See more at: http://www.raiannymartins.com/2014/03/cartas-para-o-meu-primeiro-amor-mais-um.html#sthash.F1Ctpv9o.dpuf

Todo o conteúdo é criado pela equipe Idealiizar e qualquer cópia total ou parcial deve ser creditada a seu devido autor. Todas as opiniões aqui expressas são de total responsabilidade de seus autores. Declaro que as imagens aqui utilizadas não são de minha autoria, salvo exceções, e que qualquer problema relacionado ao uso indevido de imagem deverá ser encaminhado para idealizar.me@gmail.com.