1 de mar de 2017

The Cranberries: Aquele rock suave que você respeita


Depois ter pulado Carnaval, descido até o chão ou simplesmente feito aquela maratonada monstra na Netflix, hoje é aquele dia do feriado que pede um pequeno arrego, certo? O próprio dia já fala, quarta de Cinzas, mas ela não precisa ser tão lamentável assim. Que tal um rock manso para animar seu dia e ficar numa boa, trazendo uma paz gostosa para o coraçãozinho?

Estou falando de "The Cranberries", uma banda que tranquiliza meus ânimos quando passo por dias agitados e pode ser que te cause o mesmo efeito. Se você conhece, provavelmente já deve ter ouvido canções como "Linger", "Zombie" e "Dreams", que são as de maiores sucessos do grupo.


The Cranberries é uma banda irlandesa formada em 1990 na qual possui Dolores O'Riordan no vocal, Noel Hogan na guitarra, Mike Hogan no baixo e Fergal Lawler na bateria. O sucesso do grupo foi tanto, que no primeiro álbum, conseguiram mais de 5 milhões de cópias só nos EUA. Só pra gente ter uma ideia de que nos anos 90 não tinha essa de cliques ou visualizações no YouTube, os caras eram feras mesmo.

No total, a banda vendeu mais de 40 milhões de álbuns no mundo todinho, alcançando quatro top 20 álbuns no Billboard 200. Além disso, The Cranberries também serviu de trilha sonora em filmes como Missão Impossível, You've Got Mail e Prêt-a-Porter, e em séries televisivas como The Sopranos, Beverly Hills 90210 e Malibu Shores.



E apesar do hiato de seis anos, o grupo voltou a se reunir em 2009 e desde então realizaram diversas turnês pelo mundo. De acordo com o site oficial, a banda está escrevendo novas músicas e pode lançar novidades em 2017.


O grupo foi consagrado uma das mais admiráveis bandas irlandesas de todos os tempos, ao lado, é claro, da banda U2 e Van Morrison. The Cranberries possui mais de 4 milhões de seguidores no Facebook, além de 2,2 milhões de escutas por mês no Spotify. E falando em Spotify, chegou a melhor parte do dia, prepare o fone de ouvido e relaxe com o som dos melhores sucessos.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários