5 de out de 2017

Série: Ozark


Família que pratica o crime unida, permanece unida? É o que você vai descobrir nesta ótima surpresa que a Netflix trouxe.

Ter expectativas para uma série e se surpreender é bom, mas quando se trata de uma obra quase desconhecida, que chega sem fazer muito barulho e no fim se mostra excelente, é melhor ainda.

Aqui acompanhamos Marty, um consultor financeiro que se muda com a família para a cidade de Ozark, no Missouri, onde começa um negócio de lavagem de dinheiro para pagar a dívida que tem com um traficante.


A premissa da série é muito interessante e vai desenrolando de uma forma cada vez mais instigante, sempre prendendo mais e mais o espectador. 

A produção é de muita qualidade, a direção dos episódios é precisa e conversa perfeitamente com os outros elementos, como edição, roteiro e fotografia. Aliás, Jason Bateman, que estrela a série, também dirige alguns dos episódios e participa como produtor. 

O roteiro é genial, muito bem arquitetado, com sacadas inteligentes, complexidade, explica apenas nos momentos certos, e usa narrativas não lineares em diversos momentos, forçando o espectador a se aventurar em um quebra-cabeças e descobrir onde cada peça se encaixa.


Além disso, o roteiro desenvolve muito bem a trama e os personagens, as motivações são claras e críveis. Tensão não falta em momento algum, a série sabe como misturar suspense, violência e drama de forma bem feita.

As atuações são de tirar o chapéu, Jason Bateman e Laura Linney encabeçam o elenco e impressionam. O domínio de tela dos dois é impressionante e o carisma inegável, mesmo que as ações dos personagens sejam questionáveis, você torce para eles o tempo todo e se sente próximo daquela família que a cada novo plot twist se ferra um pouco mais. O restante do elenco também arrasa.


Ozark é uma série impressionante que surpreende desde o primeiro episódio, uma das melhores surpresas do ano. Com a segunda temporada já confirmada, se eu fosse você não perderia mais tempo e correria para ver.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários