17 de jan de 2018

Oi? Me ligou?



Sempre tive alguns relacionamentos meio frustrados, para quem não chegou aos 30. Eram sempre as mesmas mensagens "quero te ver", "vamos sair", "te pago uma cerveja quando você voltar para casa" e outras tantas coisas mais que poderia escrever um livro sobre isso.  Eu, solteira, topava. Afinal, precisamos sempre conhecer pessoas novas e ter novos relacionamentos no nosso círculo de amizade.

Mas não passava disso.

Sabe aquela encontro que você quer fazer com o seu grupo da faculdade mas nunca da certo? "Puts, sexta agora não dá pra mim. Pode ser na outra semana?", mas se passaram anos e esse encontro de amigos nunca saiu. E nunca sairá, desculpa o pessimismo.

Se quer, me liga. Diz pra eu me trocar que em dez minutos você passa pra me buscar nem que seja para tomar um sorvete na esquina. É tão gostoso quando alguém lembra de você,enquanto assiste uma série ou ouve uma música.

Mas na verdade quem quer da um jeito, como diria a minha mãe. O cara não tá em outro país para não poder tirar 15 minutos do seu dia só para poder ficar com você.

Não estou pedindo muito, mas por favor não me enrole mais porque não sou teus becks.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários