9 de fev de 2018

Sexo sem Tabu - Puta não, solteira (+18)


O que mais me irrita nessa sociedade machista são as pessoas apontando o dedo dizendo o que uma mulher deve fazer para ser a bela, recatada e do lar. Não pode fazer isso, não fala palavrão porque tem homem que não gosta, fecha as pernas e senta igual moça, penteia esse cabelo, eles gostam de cabelo comprido não corta não. Tu vai perder vários bofes pensando desse jeito, você fica tão linda arrumada.

Foda-se!

Se eu quiser beijar um irmão e depois o outro em uma balada, tudo bem eu sou solteira. Se eu quiser dar no primeiro encontro e depois nunca mais ver a cara do cidadão, tudo bem não estou traindo ninguém. Se eu quiser pegar várias pessoas numa balada LGTB tudo ótimo. Se eu quiser casar com alguém no rolê e ir embora com outro tá tudo bem, não devo nada para ninguém não é mesmo?

As pessoas acham que para ser solteira você precisa se "preservar" até achar o cara certo. Mas o "cara certo", que vai me apresentar num churrasco de afamilia e vai me levar no casamento do primo, ele não ta curtindo também enquanto não me encontra? Porque não podemos fazer o mesmo e curtir como se fosse o último dia das nossas vidas? Ninguém sabe o que nos espera amanhã.

O cara certo vai ser aquele que vai me aceitar do jeito que eu sou. Ele vai ser aquele que ri quando eu ficar puta com algum comentário machista que algum amigo dele disse, mas ele também vai me apoiar para desconstruir o cara. Ele não virá de cavalo branco e uma armadura prateada, ele ser a um cara comum que vai gostar de mim com todos os meus defeitos e não vai ter ciúmes de pessoas que eu já peguei nessa vida - e vai me zoar algumas vezes.

Isso é um relacionamento de verdade, não o que se viu nos filmes de romance. Então quanto o cara certo não chega... como é aquele ditado mesmo?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários