19 de mar de 2018

Eu não vou desistir


(Foto meramente ilustrativa com o pensamento: eu vou conquistar o mundo, me aguarde)


Eu dei uma sumida aqui do Idealiizar porque eu cansei. Não, espera, não cansei de vocês mas cansei dos comentários um tanto quando maldosos ao meu respeito e a respeito de todos que, vez ou outra, colaboram ou colaboraram com o blog. Já ouvi coisas como "porque você não apaga esses posts, porque você não muda o jeito que você escreve, porque você não tenta falar menos palavrão, etc. Mas eu já cansei de explicar que: eu mudei.

Até postei um desabafo no meu Instagram pessoal (@taylasanchez) porquê a gente cansa. Sou um ser humano como a sua vizinha ou a sua prima, você não respeita as opiniões delas? Então porque não respeita a minha também? No Instagram eu contei que a maioria das coisas que eu posto aqui eu não concordo mais. Sim, eu mudei e vou continuar mudando. Algumas lembranças do Facebook que eu postei em 2011 hoje eu não concordo e me acho besta até, "nossa, olha como eu era juvena".

E mudar faz bem.

Mudar faz muito bem.

De verdade.

Esse blog foi criado em 2013, éramos três dramáticas assumidas mas agora elas escrevem como colaboradoras, e tá tudo bem entre nós porque mudamos muito. Amadurecemos muito, graças a Deus. Quando vocês vêem posts sugeridos aqui embaixo pode ser algo que escrevemos em 2014 e não concordamos mais. E TÁ TUDO BEM!

E tem uma outra coisa que me irrita que é: vamos separar o artista de sua composição? Muitas dessas histórias aconteceram comigo, outras aconteceram com outras pessoas e outras, choquem, eu invento. Deu pra chocar aí? 

Eu não sou as coisas, maior parte delas, que eu escrevo. Eu escrevo com amor, com paixão e não quero desistir disso porque existem pessoas que não se encontraram a si mesmas. E tá tudo bem, um dia você se encontrar e para de postar besteiras na internet. Mas mude e aceite a mudança dos outros.

O Idealiizar me fez muito bem depois que eu estive doente. Quero compartilhar a minha história com o mundo, mas ainda não estou psicologicamente preparada para  isso. E eu aceito minhas limitações e um dia quero escrever essa história completa. Não hoje, nem amanhã, um dia. 

Não postarei aqui todos os dias, por conta da faculdade e tal e coisa. Mas sempre que eu precisar escrever para relaxar, desabafar e coisa e tal eu volto. Mas volto porque existem pessoas que acreditam.

Então aceite de uma vez que as pessoas mudam, combinado? E sem julgar o artista pelas coisas que ele pinta, escreve, desenha, toca, etc.

Beijo de luz.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários