9 de jul de 2018

O dia que eu apaguei todos os meus aplicativos de namoro



Sim, aplicativos no plural. Porque não basta só a gente se sentir fodam, as outras pessoas tem que dizer isso. Todas as vezes que eu falava, em alguma dessas redes, que já tinha escrito um livro todo mundo falava que eu era foda. Todas as vezes que eu dizia qualquer outra bobagem, tipo: quero largar jornalismo e vender bijuteria na praia, eles diziam que eu era demais.

Mas qualquer um que se esconde nesses aplicativos é foda pra caralho, porque nunca vamos dizer que estamos tristes ou qualquer outra coisa do tipo porque aquilo é para que as pessoas gostem de você, transem com você, e fim.

Não digo que isso seja errado, não me venha com pedras na mão. Mas isso, essas redes de pegação, não são para mim. Claro, é maravilhoso você ler de alguém, que nem te conhece ainda, que você é foda e linda para um caralho, que não sabem porque ainda está solteira sendo que você é hiper legal... mas eu não sou.  Eu tento ser mas, como qualquer ser humano, eu falho miseravelmente diversas vezes.

Sempre que passei meu contato para esses caras, sim caras porque garotas não fazem esse tipo de escrotice, chegavam para conversar mandando a foto do seu órgão sexual duro - perceba que estou mantendo uma decência nesse blog. E qual é cara? Quando que o "oi" já virou uma foto de um pau duro nas minhas fotos? - viram que não deu para segurar muito a decência aqui né? E vamos combinar que para homens é infinitamente mais fácil tirar nudes do que para as mulheres - se alguma mina te mandar um nude pode ter certeza que ela tirou diversas fotos para pegar o melhor ângulo.

E ta tudo bem mandar e receber nudes, eu não me importo... desde que não seja para mim. Quando foi que fiquei velha a esse ponto? Queria muito descobrir.

Então não mande nudes, mande poemas bregas, mande uma música quando não tiver o que dizer, fotos do cachorro ou memes - que são sempre uma boa escolha.

Apaguei, arreguei ou qualquer outra coisa que caiba aqui. Quero conhecer alguém olhando olhos no olhos, que faça meu coração acelerar e me perguntar porque não me beijou naquele momento. Que pegue o número do meu celular e diga que vai ligar depois. Sou da velha guarda, aplicativos não me apetecem mais. 

Pode ser que em algum momento eu me renda a essa vibe de novo, mas por enquanto não. Obrigada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários