9 de ago de 2018

Eu sou boa demais para você

Minhas ilustrações de garotas com transtorno de personalidade - Stuffhood

Enxuguei as minhas lagrimas e acendi um cigarro.

Desde que você se foi eu ficava imaginando de todas as coisas que eu sentia falta enquanto estávamos juntos. Porque as coisas sempre são assim, a gente lembra apenas das coisas boas de todos os nossos relacionamentos, seja eles quais forem. Até que, uma hora, a saudade aperta e você volta para aquele amor, aquela amizade. Joga embaixo do tapete todas as coisas ruins que o outro fez, e ele se aproveita e diz que vai mudar... mas ninguém muda por causa de alguém, mudamos por nós mesmos.

Fiquei olhando pela janela durante algum tempo. Chovia lá fora e eu odiava isso. Parecia que toda a tristeza que eu sentia estava ainda mais triste do que de costume. Todas as coisas boas que tivemos, todas as nossas risadas, todo nosso sexo e toda a nossa alegria foi tomada por um sentimento que não era tão bom assim, a angustia.

Aquela agustia que nem tudo entre nós era perfeito. Eramos feitos um para o outro, você me disse uma vez, mas eu percebi, enquanto a chuva caia la fora, que nosso romance era posse.

Todas as nossas brigas vieram a minha mente. Até as mais bestas, pelos motivos mais infantis, até as mais serias. Eu me fechei do meu mundo, que já era complicado, para viver num seu. Isso tava muito errado, isso era muito errado. Como você pode fazer isso comigo?

Me afastei de pessoas que eu amava, por você. 

Mas não era para ser assim, nunca foi.

Hoje eu descobri que sou mulher demais para você. Mulher demais para aceitar as migalhas de amor que você estava me oferecendo todos esses anos. Sou mulher demais para aceitar todas as suas mentiras e coisas que você me deixava ou não fazer, coisas que eu podia ou não vestir.

Como eu era besta de aceitar que alguém assim entrasse na minha vida.

Suspirei um "logo eu..." e dei risada. Primeiro riso desde que você se foi.

O primeiro de muitos, por que eu, meu bem, sou boa demais para você.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários