6 de ago de 2018

Quanto vale uma saudade?



Ela não é igual ao amor, que chega de mansinho e quando vê na está tomando conta de todo o seu peito. Basta um sorriso, um olhar e um mensagem no dia seguinte.  Não é igual o amor que chegar como quem não quer nada, que pede licença para entrar e respeita o coração de onde faz casa, as vezes.

A saudade é aquela que chega com o pé na porta, não importando se você está em casa ou não.  Ela bagunça tudo, suja a louça, faz sujeira e nem pede licença, porque ela pensa que já é dali. Suja todas as suas roupas de cama e fuma na sala de estar. Mas não só isso, ela ainda queima todas suas roupas preferidas com cigarro. Ah, ela ta usando as suas roupas claro.

A saudade é aquela que invade o peito que sufoca. Você não consegue respirar e nem sabe o porque. Médicos deveriam saber e perguntar "tá sofrendo de saudade moço? Topa aqui dois comprimidos de tempo e depois diminui a dose, porque ela nem vai doer mais tanto assim".

Fácil, né?

Mas, quando você menos esperar, vai estar pensando naquele alguém de novo. Será que casou? Ta namorando? Que faculdade faz? Nossa faz muito tempo que a gente não se encontra... armadilhas da saudade.

Aí você vai ver em todas as redes sociais que tem essa pessoa. São lembranças que só vocês dois viveram e não tem mais pra quem contar, nunca tem.  Só vocês sentiram isso, só vocês viveram isso e só vocês sentem saudades disso.

O outro sente, tenho certeza.

Mas cabe você saber o que é melhor: lutar contra essa saudade ou respeitar de braços abertos dizendo "tá tudo bem, já se foi a nossa vez. As lembranças ruins vou guardar de experiência é as boas no coração... junto com a saudade".

Porque ela, meu amor.... nunca vai embora.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários